Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

20 de abril de 2019
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 20/03/2019


Leituras
Jr 18,18-20
Sl 30(31),5-6.14.15-16 (R/. 17b)
Mt 20,17-28

2ª semana da Quaresma

Quarta-Feira


Primeira Leitura: Jr 18,18-20

18Disseram: “Vinde! Atentemos contra Jeremias, porque não faltará instrução ao sacerdote, nem conselho ao sábio, nem palavra ao profeta. Vinde! Golpeemo-lo com sua própria língua; estejamos atentos a todas as suas palavras”. 19Presta-me atenção, Javé, e ouve o que dizem meus adversários! 20Paga-se o bem com o mal? Cavaram uma cova para mim. Lembra-te como estive diante de ti para interceder por eles e afastar deles a tua cólera!



Salmo: Sl 30(31),5-6.14.15-16 (R/. 17b)

R.: Possa a tua bondade me salvar!

5Da rede armada contra mim me arrancas, porque és, Senhor, a minha fortaleza. 6Nas tuas mãos deponho o meu espírito, porque és um Deus fiel e me redimes.

14Tudo à volta de mim me enche de medo, escuto as ameaças que sussurram. Juntam-se contra mim em seus conluios: como tirar-me a vida se perguntam.

15Confio em ti, Senhor, apesar disso, e declaro: Senhor, és o meu Deus! 16Em tuas mãos se encontra o meu destino; liberta-me das mãos que me perseguem!



Evangelho: Mt 20,17-28

17Subindo a Jerusalém, Jesus chamou à parte os doze discípulos e falou-lhes durante a caminhada: 18“Estamos subindo para Jerusalém e o Filho do homem será entregue aos sacerdotes-chefes e aos mestres da lei. Eles o condenarão à morte 19e o entregarão aos pagãos para que seja insultado, açoitado e crucificado. Mas, no terceiro dia, resssuscitará”. 20Então a mãe dos filhos de Zebedeu chegou perto de Jesus com os seus filhos e prostrou-se diante dele para lhe fazer uma súplica. 21Ele lhe perguntou: “Que queres?”. Ela lhe respondeu: “Ordena que estes meus dois filhos se sentem, um à tua direita e outro à tua esquerda, no teu reino”. 22 Jesus replicou: “Não sabeis o que estais pedindo. Podeis beber do cálice que estou para beber?”. Disseram-lhe: “Podemos”. 23E1e continuou: “Haveis de beber do meu cálice. Mas quanto a vos sentardes à minha direita ou à minha esquerda, não me cabe concedê-lo, porque estes lugares são destinados àqueles para os quais meu Pai os reservou”. 24Ouvindo isto, os outros dez ficaram indignados contra os dois irmãos. 25Jesus então os reuniu e disse: “Sabeis que os chefes das nações as governam e os grandes exercem o poder sobre elas. 26Mas entre vós não será assim. E quem quiser fazer-se grande entre vós será vosso servidor, 27 e quem quiser ser o primeiro dentre vós será o vosso empregado, 28 a exemplo do Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate pela multidão dos homens”



Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2019 - Ano C - São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2018.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.



Boa Nova para cada dia

... o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos (Mt 20,28).

Encontramos nestas palavras de Jesus o verdadeiro sentido que para Ele tinha a função de “servo” na missão que recebera de Deus Pai: dar sua vida para o resgate de toda a humanidade pecadora.

Não se trata mais, apenas, de exemplo de serviço, mas de uma missão que somente Ele recebeu do Pai. Jesus se chama aqui de “Filho do Homem”, ou seja, o Filho de Deus Encarnado. Sua intenção era dar a entender que se identificava, assim, com o “Servo de Javé”.

Ao ouvirem isto, os discípulos se lembraram de que as Escrituras mencionaram um “Servo de Javé” que assumiu sobre si os pecados de Israel para salvá-lo. Foi o profeta Isaías que falou do “Servo de Javé”.

Em Is 52,13 Deus diz: ... o meu Servo procederá com prudência; será exaltado e elevado.

Em Is 53,4: ... Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores ... .

Em Is 53,6: ... o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. E

Em Is 53,7: Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro...

Os discípulos entenderam muito mais sobre a lição de humildade que Jesus lhes ensinou e confirmou com sua Paixão e Morte.

Pensemos muito nisto neste dia de Quaresma e tiremos proveito para nós e para nossa comunidade cristã.



Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10