Recado para Mariana ou a cultura como agente de transformação da maturidade

Autores:
No final do século XX, a leitura de monografias surpreendeu Floro Freitas de Andrade. Eram frases secas, sob pretexto de precisas. A serviço de duvidosa “eficácia”, ele viu fieiras de substantivos abstratos desconexos, mas aparentando “erudição”. E, pior, na internet vendiam-se como “produtos”. ... Ver mais

Sinopse

No final do século XX, a leitura de monografias surpreendeu Floro Freitas de Andrade. Eram frases secas, sob pretexto de precisas. A serviço de duvidosa “eficácia”, ele viu fieiras de substantivos abstratos desconexos, mas aparentando “erudição”. E, pior, na internet vendiam-se como “produtos”. Cultura assim, prêt-à-porter, obedecendo a figurinos acadêmicos, inchou-o de perplexidade. O humanismo se “mecanizara”. Sob tal impacto, soube de um concurso nacional de monografias. Seu tema: A cultura como agente de transformação da maturidade. De imediato, pensou: “Cultura, sim, mas com sensibilidade. Sem ela, maturidade é mero conjunto de engrenagens pseudoculturais”. Recado para Mariana foi premiado hors-concours. Para o autor, bem mais que o prêmio, foi gratificante o diálogo com membros da comissão julgadora. Naqueles marejados olhares pôde sentir que havia lugar para flores de sensibilidade em espinhentos galhos da cultura.

Sobre o Autor

Floro Freitas de Andrade

Características

Título:
Recado para Mariana ou a cultura como agente de transformação da maturidade
Autor:
Floro Freitas de Andrade; 
Dimensões:
12.00cm x 17.00cm x 0.40cm
Peso:
62g
Edição:
1
Data de Publicação:
08/09/2016
ISBN:
9788515044023
Páginas:
64
Código:
3.0001.00.14.460