A descoberta do cotidiano

Autores:
  • Thiago André Moura de Aquino
Este livro contribui para a construção do diálogo entre a analítica existencial de Heidegger e as investigações gramaticais de Wittgenstein mediante a discussão das conexões entre cotidiano, linguagem e pensamento filosófico - o texto está organizado de acordo com esses eixos temáticos. O autor d... Ver mais

Sinopse

Este livro contribui para a construção do diálogo entre a analítica existencial de Heidegger e as investigações gramaticais de Wittgenstein mediante a discussão das conexões entre cotidiano, linguagem e pensamento filosófico - o texto está organizado de acordo com esses eixos temáticos. O autor descreve o fenômeno da cotidianidade como referencial primeiro para a colocação do problema da linguagem. Examina a exigência de uma revisão da determinação do lugar e natureza da lógica, bem como da importância da proposição na análise da linguagem. E revela a atividade filosófica como resultado da transformação existencial da compreensão cotidiana, ou seja, como apropriação hermenêutica da existência que resguarda seu caráter de ramificação "árvore dourada da vida".

Sobre o Autor

Thiago André Moura de Aquino
Thiago André Moura de Aquino é doutor em filosofia pela Ludwig Maximilians Universität (LMU/München), com pós-doutorado pela Universidade de São Paulo (USP), é professor do Departamento de Filosofia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Características

Título:
A descoberta do cotidiano
Subtítulo:
Heidegger, Wittgenstein e o problema da linguagem
Autor:
Thiago André Moura de Aquino; 
Dimensões:
14.00cm x 21.00cm x 0.90cm
Peso:
226g
Edição:
1
Data de Publicação:
18/12/2018
ISBN:
9788515045471
Páginas:
184
Código:
3.0001.00.14.910