A ciência em Descartes

Autores:
  • Érico Andrade
Nada é mais criticado nas universidades que o paradigma cartesiano. Descartes seria responsável pelo desastre ecológico, pela fragmentação da ciência e, por fim, por um saber tanto racionalista quanto avesso a qualquer tipo de incerteza. Essa imagem reforça o fato de que muitas vezes a caricatura... Ver mais

Sinopse

Nada é mais criticado nas universidades que o paradigma cartesiano. Descartes seria responsável pelo desastre ecológico, pela fragmentação da ciência e, por fim, por um saber tanto racionalista quanto avesso a qualquer tipo de incerteza. Essa imagem reforça o fato de que muitas vezes a caricatura toma o lugar das leituras minimamente comprometidas com o entendimento dos autores clássicos da história da filosofia. O projeto cartesiano sempre foi unificar o saber humano sob a égide da ordem e da medida. Para tanto, a ciência não só poderia partir de hipótese falsas, como poderia conceber o mundo como uma fábula em cujas linhas estaria a marca da inteligência humana.

Sobre o Autor

Érico Andrade
Érico Andrade é doutor em Filosofia pela Sorbonne/Paris IV, professor adjunto da Universidade Federal de Pernambuco e sócio efetivo do Círculo Psicanalítico de Pernambuco. Publicou "O sujeito do conhecimento" (Martins Fontes, 2012).

Características

Título:
A ciência em Descartes
Subtítulo:
Fábula e certeza
Autor:
Érico Andrade; 
Dimensões:
12.50cm x 19.00cm x 0.60cm
Peso:
114g
Edição:
1
Data de Publicação:
21/09/2017
ISBN:
9788515044627
Páginas:
104
Código:
3.0001.00.15.071