Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

19 de junho de 2019
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 29/03/2019


Leituras
Os 14,2-10
Sl 80(81),6c-8a.8bc-9.10-11ab.14.17 (R/. cf. 11.9a)
Mc 12,28b-34

3ª semana da Quaresma

Sexta-Feira


Primeira Leitura: Os 14,2-10

2Volta, Israel, a Javé, teu Deus, porque foi no teu crime que tu tropeçaste. 3Muni-vos de palavras, e voltai a Javé. Dizei a ele: “Afasta tudo o que é criminoso, e aceita o que for bom! E nós ofereceremos em sacrifício o fruto dos nossos lábios. 4Assur não nos salvará, não montaremos mais em cavalos, e nem diremos mais que a obra de nossas mãos é o nosso Deus, pois é junto de ti que o órfão obtém misericórdia”. 5Eu os curarei de sua infidelidade, e os amarei cordialmente, pois minha cólera se afastou deles. 6Eu serei como o orvalho para Israel, e ele florescerá como o lírio. O seu enraizamento será como o Líbano: 7 seus rebentos se estenderão, ele será esplendoroso como a oliveira e perfumoso como o Líbano. 8Eles virão de novo sentar-se à minha sombra, farão reviver os campos de trigo,e cultivarão vinhas florescentes que serão famosas como o vinho do Líbano. 9Que tem a ver ainda Efraim com os ídolos? Sou eu que lhe dou atendimento e velo por ele; Eu é que sou como um cipreste verdejante, e é de mim que vem o teu fruto. 10Quem é sábio, para compreender estas coisas? Quem é inteligente, para tomar conhecimento delas? Como os caminhos de Javé são retos, os justos caminharão neles, mas os perversos aí hão de tropeçar.

 

Salmo:
Sl 80(81),6c-8a.8bc-9.10-11ab.14.17 (R/. cf. 11.9a)

R.: Sou eu que sou teu Deus, ouve, meu povo!

6cEis que ouço uma voz que não conheço: 7 “Eu retirei o fardo dos teus ombros, eu libertei do cesto as tuas mãos. 8aClamaste na aflição, e eu te salvei.

8bceu te falei da nuvem trovejante, provei-te junto às águas de Meriba. 9Ouve, meu povo, eu quero prevenir-te; ah, Israel, se ouvisses minha voz!

10Não haja em tua casa um deus estranho, nem adores um deus de outra nação! 1ab Sou eu que sou teu Deus e teu Senhor, o que te fez sair da terra egípcia;

14Ah, se meu povo ouvisse a minha voz, ah, se Israel andasse em meus caminhos! 17Mas daria ao meu povo a flor do trigo, e de mel do rochedo o fartaria”.

 

Evangelho:Mc 12,28b-34

28Um dos mestres da lei, que os tinha ouvido discutir, vendo que Jesus havia respondido bem, chegou perto dele e perguntou: “Qual é o primeiro de todos os mandamentos?”. 29 Jesus respondeu: “O primeiro é este: Ouve Israel: O Senhor nosso Deus é o único Senhor; 30e amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, com toda a tua alma, com toda a tua inteligência e com todas as tuas forças. 31O segundo é este: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há mandamento maior que estes”. 32O mestre da lei lhe disse: “Ótimo, Mestre! Tens razão em dizer que ele é o único e que não há outro além dele. 33Amá-lo de todo o coração, com toda a inteligência e com todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo: estes dois mandamentos valem mais do que todos os holocaustos e todos os outros sacrifícios”. 34 Jesus, vendo que ele havia falado com sabedoria, replicou-lhe: “Não estás longe do Reino de Deus!”. E ninguém mais tinha coragem de interrogá-lo.



Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2019 - Ano C - São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2018.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.

 

Boa Nova para cada dia

Outro mandamento maior do que estes não existe. (Mc 12,31b)

Deus nos deu dez mandamentos e a Igreja nos dá cinco. Dos dez da Lei de Deus, somente três se referem a Ele; os outros sete são sobre o amor ao próximo. Os da Igreja são obrigações de cada católico em relação sacramentos, ao jejum e abstinência e ao dízimo.

Como é que Jesus reduz todos os dez a dois apenas, isto é, ao amor a Deus e ao amor ao próximo?

Ele é claro: se procuramos simplificar os dez mandamentos para ajudar nossa memória, sabemos que tudo o que fizermos por amor a Deus e por amor ao próximo corresponde aos dez.

Mas quando examinamos nossa consciência para uma confissão, precisamos da lista completa que traz em detalhes os dez.

A intenção de Jesus, portanto, foi de nos ajudar a manter nossa consciência sempre atenta ao essencial da Lei de Deus.

Foi para termos este hábito, com atenção amorosa a Deus, sempre, pois quem ama não esquece. Um ditado diz: “o esquecimento é filho do pouco caso”.



Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10