Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

21 de agosto de 2019
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 01/07/2019


Leituras
Gn 18,16-33
Sl 102(103),1-2.3-4.8-9.10-11
Mt 8,18-22

13ª Semana do Tempo Comum

Segunda-Feira


Primeira Leitura: Gn 18,16-33

16Levantaram-se os homens, e, saindo de lá, rumaram para Sodoma. Acompanhou-os Abraão para as despedidas. 17Disse então Javé: “Poderei esconder a Abraão o que estou por fazer, 18uma vez que ele se tornará um povo grande e forte, e que nele todas as nações da terra serão abençoadas? 19Pois eu o distingui a fim de que ordene aos seus filhos e à sua posteridade que observem o caminho de Javé, praticando a justiça e a equidade, de sorte que Javé possa cumprir o que lhe prometeu”. 20Disse-lhe, pois, Javé: “Verdadeiramente é grande o clamor contra Sodoma e Gomorra! Muito grave é o seu pecado! 21Descerei para lá para ver se de fato eles agem, ou não, conforme o clamor que veio até mim; quero sabê-lo”. 22Afastaram-se os homens e tomaram o caminho de Sodoma, enquanto Javé ainda continuava diante de Abraão. 23Abraão se adiantou e disse: “Queres mesmo que pereça o justo com o pecador? 24Talvez haja cinquenta justos na cidade. Irias exterminá-los também, e não perdoarias a cidade por estes cinquenta justos que lá vivem? 25Longe de ti fazer uma tal coisa: fazer perecer o justo com o pecador, de modo a ser o justo tratado como o pecador. Longe de ti! Poderá acaso o juiz de toda a terra não fazer justiça?”. 26Respondeu Javé: “Se houver em Sodoma cinquenta justos, por causa deles perdoarei a localidade toda”. 27Abraão de novo tomou a palavra: “Sou certamente ousado em falar a meu Senhor, eu que sou pó e cinza! 28Pode ser que faltem cinco justos para completar cinquenta: neste caso destruirias, por causa destes cinco, toda a cidade?”. Respondeu-lhe: “Não a destruirei se nela houver quarenta, e cinco justos”. 29Abraão continuou: “Talvez se encontrem somente quarenta”. E Javé respondeu: “Nada farei, por causa dos quarenta”. 30E Abraão continuou a falar: “Que meu Senhor não se zangue pelo que vou dizer: e se se encontrarem trinta?” Respondeu ele: “Nada farei se lá houver trinta”. 31Abraão acrescentou: “Vou falar atrevidamente: se se acharem vinte?”. E Javé replicou: “Não destruirei a cidade em vista dos vinte”. 32E Abraão disse: “Que meu Senhor não se irrite se falo ainda uma vez: e se, por acaso, houver dez?”. Ele respondeu: “Por causa dos dez não destruirei”. 33Tendo terminado de falar a Abraão, Javé se retirou e Abraão regressou para a sua casa.


 


Salmo: Sl 102(103),1-2.3-4.8-9.10-11

R.: O Senhor é bondoso e compassivo!


1Bendize o teu Senhor, ó minha alma; louve todo o meu ser seu santo nome! 2 Sim, bendize o Senhor, ó minha alma, não esqueças nenhum de seus favores!

3Pois perdoou as tuas culpas todas, de toda enfermidade te curou. 4 Salvou da sepultura a tua vida, cercou-te de carinho e compaixão.

8O Senhor é bondoso e compassivo, lento em irar-se e cheio de clemência. 9Não leva a discussão até o fim, não guarda para sempre o seu rancor.

10Não nos tratou segundo as nossas faltas, nem nos pagou segundo as nossas culpas. 11Mais alto do que o céu por sobre a terra, é o amor do Senhor pelos que o temem.



Evangelho: Mt 8,18-22

18Quando Jesus viu muita gente em seu redor, deu ordem de passar para a outra margem. 19Então um mestre da lei chegou perto dele e lhe disse: “Mestre, eu te seguirei aonde fores”. 20Então Jesus lhe falou assim: “As raposas têm covas e as aves do céu, ninhos. Mas o Filho do homem não tem onde descansar a cabeça”. 21Um outro dentre os discípulos lhe disse: “Senhor, deixa-me primeiro ir enterrar meu pai”. 22Mas Jesus lhe falou assim: “Segue-me! Deixa que os mortos enterrem os seus mortos”



Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2019 - Ano C - São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2018.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.

 


Boa Nova para cada dia




“As raposas têm suas tocas e as aves dos céus têm seus ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça”. (M8 8,20).

Imaginamos, às vezes, que a vida pública de Jesus foi uma sucessão de milagres, de grandes discursos e maravilhosas parábolas. A vida de Jesus deveria ser muito agradável deste modo.

Mas o Evangelho de hoje nos abre os olhos.

A vida de Jesus, depois que saiu de Nazaré até o momento de Sua Morte, foi somente de grandes privações e sacrifícios. Alegrias, sem dúvida, Jesus as teve, e muitas, mas nem todo dia.

Neste Evangelho Jesus deixa claro aos que O queriam seguir que aquele caminho não era fácil. Muitas vezes Ele tivera que dormir com a cabeça sobre uma pedra ou sobre o chão empoeirado. Quem o quisesse seguir, devia estar disposto a não achar onde dormir toda noite. E isto era somente uma parte de suas privações. Nem casa fixa Jesus podia ter, porque sua missão o levara até para fora do território dos judeus. Ele não era como as raposas que se abrigam em suas tocas. Ele não era como as aves do céu, que de noite se refugiam em seus ninhos.

Apesar de todos os tipos de dificuldades, Jesus levou ao fim sua missão dada por Deus Pai.

Seus discípulos tiveram que enfrentar as mesmas dificuldades que Ele sofreu.

Mais sofrimento ainda os aguardava.

Um dia Jesus lhes disse que deviam dispor até mesmo da própria vida para serem dignos Dele:

“Se alguém me quer seguir,

renuncie a si mesmo,

tome a sua cruz e me siga.

Pois quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la;

mas quem perder a sua vida por causa de mim e do Evangelho, vai salvá-la”

(Mc 8,34-35).

Salvaremos nossa vida, a Vida Eterna, seguindo-O nesta vida terrena; não como perdedores, mas como vencedores.



Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10