Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

20 de janeiro de 2019
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 20/01/2019


Leituras
Is 62,1-5
Sl 95(96),1-2a.2b-3.7-8a.9-10a.c (R/. 1a.3b)
1Cor 12,4-11
Jo 2,1-11 (Bodas em Caná)

2ª Semana do Tempo Comum

Domingo


Primeira Leitura: Is 62,1-5

1 Não me calarei por amor a Sião, por Jerusalém não descansarei até que surja sua justiça como luz e brilhe como facho aceso sua salvação. 2 Então, as nações verão tua justiça, e todos os reis verão tua glória, chamar-te-ão por um nome novo que a boca de Javé fixará. 3 Serás coroa brilhante nos dedos de Javé, um turbante real na mão de teu Deus. 4 Não mais serás chamada "Desamparada", nem tua terra "Abandonada". Mas te chamarão: "Nela-meu-amor", e tua terra "Desposada". 5 Como um moço desposa uma virgem, teu Arquiteto te desposará; como o esposo se alegra com sua esposa, teu Deus se alegrará de ti.




Salmo: Sl 95(96),1-2a.2b-3.7-8a.9-10a.c (R/. 1a.3b)

R. Entoai ao Senhor um canto novo. entre todos os povos seus prodígios.

1 Entoai ao Senhor um canto novo; sim, cantai ao Senhor, ó terra inteira! 2a Celebrai o Senhor, louvai seu nome.

2b proclamai cada dia: "Ele nos salva!". 3 Mostrai entre as nações a sua glória, entre todos os povos seus prodígios.

7 Dai ao Senhor, famílias das nações, dai ao Senhor aplausos e louvores. 8a Dai ao Senhor a glória do seu nome.

9 Prostrai-vos diante dele em vestes sacras; diante dele tremei, ó terra inteira! 10ac Dizei entre as nações: "Reina o Senhor!". Ele governa os povos com justiça.


Segunda Leitura: 1Cor 12,4-11

4 São vários os dons espirituais, mas o Espírito é o mesmo. 5 E os ministérios são vários, mas o Senhor é o mesmo. 6 As obras também são várias, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos. 7 A cada um é dada a manifestação do Espírito em vista do bem de todos. 8 A um é dada pelo Espírito uma palavra de sabedoria; a outro, uma palavra de ciência, segundo o mesmo Espírito; 9 a outro, a fé no mesmo Espírito; a outro, o dom de curar, neste único Espírito; 10 a outro, o poder de operar milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, a diversidade das línguas; a outro, o dom de interpretação. 11 Mas é o único e mesmo Espírito que realiza isto tudo, distribuindo a cada um como quer.



Evangelho: Jo 2,1-11 (Bodas em Caná)

1 Três dias depois, celebrou-se um casamento em Caná da Galileia, e ali estava a Mãe de Jesus. 2 Jesus e seus discípulos também foram convidados para esse casamento. 3 Como o vinho estava acabando, a mãe de Jesus lhe disse: "Eles não têm mais vinho". 4 Jesus respondeu: "Mulher, que relação há entre mim e ti? Já não chegou a minha hora"? 5 Sua mãe disse aos serventes: "Fazei tudo que ele vos mandar". 6 Estavam ali seis talhas de pedra destinadas às purificações dos judeus, cabendo em cada uma oitenta ou cento e vinte litros de água. 7 Jesus disse: "Enchei de água essas talhas". Encheram-nas até a boca. 8 Mandou, então: "Tirai, agora, um pouco e levai ao chefe do serviço". Eles levaram. 9 O chefe do serviço provou da água mudada em vinho. Ele não sabia qual era sua origem - apesar dos serventes saberem - e falou com o noivo: 10 "Toda gente serve primeiro o bom vinho. Quando os convidados já estão alegres por causa do vinho, serve o de qualidade inferior. Tu, porém, guardaste o melhor vinho até agora!". 11 Deste modo, Jesus deu início em Caná da Galileia a seus sinais e revelou sua glória. E seus discípulos creram nele.



Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2018 - Ano B - São Marcos, Brasília, Edições CNBB, 2017.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola, 2016.


Boa Nova para cada dia

DIA APÓS DIA ANUNCIAI SUA SALVAÇÃO

MANIFESTAI A SUA GLÓRIA ENTRE AS NAÇÕES

E ENTRE OS POVOS DO UNIVERSO OS SEUS PRODÍGIOS


[Sl 95(96),2b-3]


Por que é tão importante o anúncio e instalação do Reino de Deus no mundo por Jesus?

É que no Reino de Deus se realizam não só o grande plano divino de Salvação, como nele o Povo Eleito vê concretizadas as promessas divinas feitas nos tempos antigos, a partir do patriarca Abraão. Sem reinar sobre toda a humanidade, a começar pelo Povo Eleito, Deus não poderia cumprir o que prometera ao longo dos séculos da história de Israel.


Hoje vamos considerar as maravilhas do Reino de Deus.

Elas foram profetizadas pelo Salmo Responsorial de hoje: o Reino de Deus traz a Salvação, é a manifestação da Glória divina, dos prodígios sem conta em benefício dos homens que Deus ama.

Jesus tinha a missão, recebida do Pai, de anunciar e instalar o Reino de Deus no mundo. Isto Ele o realizou em sua Vida Pública até morrer. Mas deixou claro que o Reino de Deus somente seria pleno na Vida Eterna.

O que Jesus fez não foi outra coisa que realizar a profecia de Isaías lida na Primeira Leitura deste domingo. Ele não fez outra coisa que nos ensinar a proclamar a Salvação e a Glória de Deus que cantamos com o Salmo Responsorial deste domingo. Ele planejou seu primeiro sinal, a transformação de água em vinho em Caná, para mostrar aos seus discípulos que em Si mesmo se revelava a Glória do Deus Pai conhecido pelo Povo Eleito desde os tempos mais antigos.

Hoje, portanto, meditaremos e contemplaremos o Reino de Deus tal como Deus o prometeu a Israel no passado e como Jesus o implantou no mundo com o Evangelho, a Boa Nova.


A Primeira Leitura nos faz ler um texto do Terceiro Isaías, um profeta diferente do Primeiro e do Segundo Isaías, todos escritores do livro único que hoje chamamos "Livro de Isaías".

Nesta leitura há uma consolação ao Povo Eleito, logo depois de sua saída do Exílio na Babilônia:

- Deus afirma que não se cansará enquanto em Jerusalém não aparecer a luz da Salvação (Isaías 60,1)

- Deus afirma que Jerusalémserá uma luz para as nações, pois os reis verão sua Glória (Is 60,2).

- Jerusalém será uma coroa de Glória na mão do Senhor (Is 60,3).

- Jerusalém será chamada por Deus 'Minha Predileta' (Is 60,4).

- Jerusalém será a alegria de Deus, assim como a noiva é a alegria do noivo (Is 60,5).

Jerusalém, neste caso, representa todo o Povo Eleito.


Estas promessas dadas em Is 60 nos mostram como o próprio Deus entende a maravilha que é Seu Reino estabelecido entre os homens. Foi isto que Deus sempre desejou para o Povo Eleito, e por intermédio dele, para toda a humanidade.

Em outras palavras o Reino em que Deus reina é:

- Salvação para Israel e para todos os povos.

- Amor de Deus pela humanidade.

- Esplendor da Glória divina.

- Alegria de Deus compartilhada com toda a humanidade.


Se assim Deus desejou o Seu Reino, quando por Jesus for inaugurado na terra, será a realização da Salvação, do Amor de Deus pela humanidade, a expressão da Glória divina, a própria Alegria de Deus pelo bem feito por suas amadas criaturas.


O Salmo Responsorial de hoje não diz outra coisa, convidando-nos a cantar ao Senhor um canto novo, por tudo o que Ele realiza pelo seu Povo Eleito amado em primeiro lugar, e por todas as nações da terra. Todos devem ver a Glória de Deus, alegrar-se com ela, e proclamar: "Reina o Senhor!" [Sl 95(96),10].

Por isso Israel é convidado pelo salmista:

Dia após dia anunciai sua Salvação,

manifestai a sua Glória entre as nações,

e entre os povos do universo os seus Prodígios
[Sl 95(96),2b-3].


Salvação, Glória e Prodígios divinos serão constantes na Igreja que nasce pela pregação de Jesus e de seus apóstolos.

Na Segunda Leitura São Paulo constata na comunidade de Corinto:

Há diferentes atividades,

mas um mesmo Deus

que realiza todas as coisas em todos
(1Cor 12,6).


O motivo pelo qual São Paulo diz isto aos coríntios é que entre eles se revelam os Prodígios de Deus em Seu Reino sobre a Igreja. Tais Prodígios são obra da Santíssima Trindade, são os dons do Espírito Santo para o bem comum de toda a Igreja, mencionados por São Paulo em 1Cor 12,7-11.

Quando lemos este texto de São Paulo, devemos ver aí a realização concreta das maravilhas do Reino de Deus anunciado e implantado por Jesus Cristo na terra.

Quem constata estes Prodígios de Deus em Corinto, sabe que neles se revelam:

- Salvação para o Povo Eleito e para todos os povos.

- Amor de Deus pela humanidade.

- o esplendor da Glória divina.

- a Alegria compartilhada por Deus a toda a humanidade.

Os Prodígios do Reino de Deus na Igreja de Corinto comprovam que o Reino já é realidade na terra. A profecia de Isaías se cumpriu.


Ora, Jesus desejava precisamente o cumprimento destas profecias quando iniciou a demonstrar os sinais de Seu Poder condividido com o Pai. Em Caná, depois de mudar a água em vinho, comprovou que estava plenamente preparado para dar início ao Reino de Deus na terra:

Este foi o início dos sinais de Jesus.

Ele o realizou em Caná da Galileia

e manifestou a sua Glória ...
(Jo 2,11).


A Glória de Jesus é a mesma Glória de Deus Pai, do qual Jesus é a imagem perfeita.

Entendemos agora, mais profundamente, por qual motivo Jesus se empenhou totalmente em anunciar e inaugurar o Reino de Deus. Mais que qualquer pessoa Ele entendeu todas as maravilhas contidas neste Reino, maravilhas que o Pai dispôs para o bem de suas amadas criaturas deste mundo, para nós, seus filhos e filhas adotivos.

A Alegria de Deus Pai estava em Jesus. Que Ele nos contagie com ela, e que para sempre a tenhamos na Vida Eterna.

Enquanto, porém, vivemos na terra, anunciemos Sua Salvação, manifestemos Sua Glória a todo o mundo.



Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.






Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10