Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda             Youtube  

22 de setembro de 2017
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 22/09/2017


Leituras
1Tm 6,2c-12
Sl 48 (49),6-7. 8-10. 17-18. 19-20 (R. Mt 5,3)
Lc 8,1-3

24ª Semana do Tempo Comum - Ano A

Sexta-Feira

Primeira Leitura:1Tm 6,2c-12

Caríssimo: 2c É isso que deves ensinar e recomendar. 3 Se alguém ensina coisas diferentes, e não se mantém fiel às sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e ao ensino da nossa religião, 4 é um orgulhoso que não entende de nada, um espírito doentio, preocupado com problemas inúteis e discussões. Daí nascem as invejas, as brigas, os desaforos, as suspeitas malévolas, 5 as discussões inúteis de homens mal-intencionados, que não estão com a verdade, e que transformam a religião em fonte de lucros. 6 De fato, a religião é uma grande fonte de lucro, se nos contentamos com o que temos. 7 Como não trouxemos nada para o mundo, também dele não podemos levar nada. 8 Portanto, tendo roupa e comida, fiquemos satisfeitos com isto. 9 Quem quer ficar rico cai na armadilha, na tentação, numa multidão de desejos loucos e perigosos que precipitam os homens na perdição e na desgraça. 10 Porque a ganância pelo dinheiro é a raiz de todos os males. Apegados a ela, muitos se desviaram para longe da fé e se torturaram com muitos sofrimentos. 11 Tu, porém, homem de Deus, foge de tudo isso. Procura a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a bondade. 12 Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado e da qual fizeste uma bela declaração diante de muitas testemunhas.

Salmo: Sl 48 (49),6-7. 8-10. 17-18. 19-20 (R. Mt 5,3)

R. Felizes os pobres em espírito, porque a eles pertence o reino dos céus.

6 Por que temer nos dias de desgraça a soberba dos maus que me rodeiam, 7 aqueles que confiam nas riquezas e da sua opulência se gloriam?

8 Como escapar à morte por dinheiro, como pagar a Deus nosso resgate? 9 Ora, a isenção da morte não tem preço, 10 não se compra uma vida para sempre.

17 Não temas pois se alguém se torna rico, se vês crescer os bens de sua casa: 18 nada leva consigo, quando morre, nem pode acompanhá-lo a sua glória.

19 Mesmo se nesta vida ele se gaba e o louvam porque tudo lhe sai bem, 20 irá juntar-se aos seus antepassados, que nunca mais verão a luz do dia.

Evangelho: Lc 8,1-3

Naquele tempo:1Jesus viajava de cidade em cidade, de povoado em povoado, pregando e anunciando a Boa-Nova do Reino de Deus. 2 Com ele iam os Doze e também algumas mulheres que tinham sido curadas de espíritos maus ou de doenças: Maria, chamada a Madalena, da qual tinham saído sete demônios; 3 Joana, esposa de Cusa, um administrador de Herodes; Susana e muitas outras, que lhe prestavam ajuda com seus bens.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2017 - Ano A - São Mateus, Brasília,
Edições CNBB, 2016.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola e Editora Santuário, 2016.

Boa Nova para cada dia

Os doze iam com Ele e também algumas mulheres que haviam sido curadas de maus espíritos e doenças ...  (Lc 8,1c-2a). 

Estamos lendo, nestes dias, o Evangelho de São Lucas.

Este evangelista quer deixar claro o papel das mulheres na missão de Jesus, a de anunciar o Reino de Deus. Por isso no Evangelho de hoje as menciona ao lado dos doze apóstolos. 

Não pensemos que Jesus queria a presença delas para que Lhe dessem alimentos ou lavassem suas roupas. Elas não eram suas empregadas, nem Jesus faria uma exploração deste tipo de pessoas que desejavam estar sempre a seu lado.

O que tais mulheres recebiam deste acompanhamento a Jesus? 

Elas eram privilegiadas porque não perdiam uma só lição de sabedoria que Jesus desse a seus discípulos. Por outro lado, Jesus era uma pessoa em quem Deus transparecia, de tal modo que encantava as pessoas desejosas de encontrar e estar com Deus. Ele era o Filho de Deus, o Messias, o Caminho, a Verdade e a Vida, o Salvador, o Profeta previsto por Moisés, o Cordeiro que tira os pecados do mundo, o Salvador que dá a Vida Eterna. 

Qualquer pessoa hoje em dia seguiria Jesus desta maneira, deixando tudo para trás, por ser Ele quem era. O jovem rico não entendeu quem era realmente Jesus, pois tendo sido convidado a segui-Lo, preferiu ficar com suas riquezas (Lc 18,22-23). 

Conosco pode acontecer tanto o que aconteceu com o jovem rico como com os doze e as mulheres que seguiam a Jesus. Diante de nós está a escolha. Em tudo, porém, sigamos a Jesus por saber quem Ele é para nós. 

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500 | 2063-4275 | 3385-8501
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10