Login  |   Cadastre-se   |   Fale Conosco  |   Trabalhe Conosco  |   Ajuda          Youtube  

28 de maio de 2016
Carrinho Vazio
Você está em: Home >> Liturgia Diária


Compartilhe: Compartilhe no Facebook Compartilhe no Orkut Compartilhe no Twitter

Liturgia do dia 28/05/2016


Leituras
Jd 17.20-25
Sl 62(63),2-6
Mc 11,27-33

8ª Semana do Tempo Comum - Ano C

Sábado

Primeira Leitura: Jd 17.20-25

17Mas vós, caríssimos, lembrai-vos das palavras que já foram ditas pelos apóstolos de Nosso Senhor Jesus Cristo. 20 construí o vosso edifício espiritual sobre o fundamento da vossa santíssima fé e rezai na força do Espírito Santo. 21Permanecei no amor de Deus. Esperai alcançar a vida eterna pela misericórdia do Nosso Senhor Jesus Cristo! 22Tratai de convencer os que vacilam.23Salvai-os, tirando-os do fogo.E de outros, enfim, compadecei-vos com prudência, repelindo até a túnica contaminada pela carne. 24Mas ao que vos pode livrar de toda queda e fazer com que vos apresenteis sem defeito e cheios de alegria diante da sua glória, 25ao Deus único, nosso Salvador, por meio de Jesus Cristo, Nosso Senhor, sejam dadas glória, exaltação, triunfo e todo poder antes de todo tempo, agora e para sempre. Amém!

Salmo: Sl 62(63),2-6

R. A minha alma tem sede de vós, ó Senhor!

2ó Senhor, és o meu Deus, desde a aurora eu te buscava. De ti tem sede minh’alma, desejava-te o meu corpo. Qual a terra ressequida, solo ávido de água.

3Venho agora ao santuário, vejo teu poder e glória.

4Teu amor é mais que a vida, os meus lábios te celebrem!

5Quero pois te bendizer pelos meus dias afora. Ergo ao céu as minhas mãos, e o teu nome pronuncio.

6Minha boca se deleita com o sabor dos sacrifícios. Também meus lábios exultem, celebrando o teu louvor!

Evangelho: Mc 11,27-33

Questões sobre a autoridade de Jesus.27Voltaram novamente a Jerusalém. Enquanto Jesus andava pelo Templo, aproximaram-se dele os sacerdotes-chefes, os mestres da lei e anciãos, 28que diziam: “Com que autoridade fazes estas coisas? Ou quem te deu essa autorização para fazeres estas coisas?” 29Jesus respondeu: “Também eu vos faço uma pergunta. Dai-me uma reposta que venha ao caso e vos direi com que autoridade faço estas coisas. 30O batismo de João era do céu ou dos homens? Sim, dai-me uma resposta”. 31Ora, eles faziam entre si este raciocínio: “Se dissermos: ‘Do céu’, ele dirá: ‘Por que então não crestes nele?’ 32Vamos então dizer: ‘Dos homens?”’ Eles tinham medo do povo, porque todos diziam que João era realmente um profeta.33E responderam a Jesus: “Não sabemos”. Jesus replicou: “Eu também não vos digo com que autoridade faço estas coisas”.

Leituras: Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2016 - Ano C - São Lucas, Brasília, Edições CNBB, 2015.

Citações bíblicas: Bíblia Mensagem de Deus, São Paulo, Edições Loyola e Editora Santuário, 2003.

Boa Nova para cada dia

“Pois eu também não vos digo com que autoridade faço estas coisas”
(Mc 11,33d).

Os sumos sacerdotes perguntaram a Jesus com qual autoridade expulsou os vendilhões do Templo, e como podia afirmar que o reconstruiria em três dias, caso fosse derrubado.

Jesus sabia que eles não estavam interessados em conhecer a verdadeira autoridade com que fazia aquelas coisas. Eles estavam apenas procurando um motivo para condená-lo à morte, fosse qual fosse sua resposta.

A resposta de Jesus será invocada por falsas testemunhas contra Ele, quando os mesmos sumos sacerdotes o julgariam (Mt 26,60-61). As falsas testemunhas, que não podiam entender como Jesus iria reerguer o Templo, caso destruído, em três dias, consideraram estas palavras Dele incriminatórias.

Se os sumos sacerdotes fossem homens de Deus, como deveriam ser por dever de seu ofício sacerdotal, entenderiam que Jesus agia por autoridade dada a Ele pelo Deus dos Patriarcas e de Moisés. Eles o reconheceriam como Profeta e Messias. Teriam reconhecido João Batista como profeta. Mas nada disto aconteceu. Portanto, tanto fazia a Jesus dizer-lhes que sua autoridade provinha de Deus.

Pela dureza de coração, pela ambição, pela manutenção da autoridade religiosa, os sumos sacerdotes não ouviram a resposta correta de Jesus, mas sim sua reprovação: “Pois eu também não vos digo com que autoridade faço estas coisas” (Mc 11,33d).

Lamentável foi esta reação dos sumos sacerdotes. Cometeram um erro fatal. Eles mesmos perderiam totalmente sua autoridade sobre o Povo Eleito, porque no ano 70 depois de Cristo desapareceram com a destruição de Jerusalém pelos romanos. Hoje não existe sequer um sacerdote da nação judaica.

Jesus, no entanto, pelo poder de Deus Pai ressuscitou: o Templo que era Seu Corpo, padeceu a morte, mas Deus o ressuscitou. Hoje temos, em nosso tempo, Jesus conosco. Mas os judeus não têm com eles os sumos sacerdotes. A justiça divina se realizou a favor de Jesus, como disse São João Evangelista:

8. Quando Ele [o Espírito Santo] vier, convencerá o mundo

do pecado, (dos dirigentes judeus que rejeitaram Jesus)

da justiça (de Jesus, confirmado pelo Espírito Santo como o enviado de Deus)

e do juízo: (deste mundo que se opôs a Jesus e a seus enviados)

9. do pecado, porque não creem em mim;

10. da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais;

11. do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado
. (Jo 16,8-11).

Aos sumos sacerdotes, Jesus não disse com qual autoridade expulsou os vendilhões e previu a destruição do Templo. Nós o sabemos. Pois o Espírito Santo, ao ser dado aos apóstolos e à Igreja, realiza tudo o que ouvimos de Jo 16,8-11.

Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.





Preencha seus dados abaixo e receba as novidades da Loyola.
Nome:
E-mail:
  
Sobre a Edições Loyola | Serviços Gráficos | Fale Conosco | Distribuidores e representantes | Revista Mensageiro | Liturgia Diária | Eventos | Política de Vendas | Política de Privacidade

Rua: Mil Oitocentos e Vinte e Dois, 341 - Ipiranga
CEP: 04216-000 - São Paulo - SP
Tel.: 11 3385-8500
Formas de Pagamento
Acompanhe
Youtube  
Certificados
© 2011 Edições Loyola . Todos os direitos reservados
Visualize este site com resolução mínima de 1024 x 768
DesignbyC10